Entender o que é preço dinâmico ajuda a trabalhar com preços otimizados em seu negócio, seguindo uma série de variáveis. Confira neste artigo!

Sabe quando uma loja oferece produtos com desconto ou altera com certa frequência os preços da prateleira?

São situações diretamente ligadas ao conceito de o que é preço dinâmico. Trata-se de um método de precificação bastante usado no varejo, principalmente em negócios que trabalham com grandes variações de oferta e demanda.

Embora tenha ficado mais conhecido a partir da criação do Uber, em que as corridas variam conforme o momento da busca, o preço dinâmico também está bastante ligado à variação de preços de produtos.

As farmácias são um exemplo bem claro nesse contexto. Os produtos costumam seguir uma tabela de preços máximos e mínimos estabelecidas pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

Dentro desse limite, as vendas se baseiam em descontos e ofertas para garantir a competitividade, conforme uma série de dados e variáveis.

É nesse contexto que podemos entender o que é preço dinâmico. Neste artigo, vamos explicar melhor o conceito, detalhando como essa política de precificação funciona e como extrair o máximo de seu potencial. Veja a seguir!

O QUE VOCÊ VAI VER:

O que é preço dinâmico?

O preço dinâmico é uma política de Pricing que utiliza mecanismos de controle de preço para acompanhar uma série de variáveis de mercado e ajustar os preços de produtos e serviços com frequência.

Os principais fatores que influenciam nas alterações são de ordem econômica, observando principalmente o impacto na oferta e demanda. O processo ocorre a partir de cálculos matemáticos conforme as variáveis monitoradas pelos instrumentos de controle.

Além disso, considera padrões previamente determinados pelos gestores do negócio, seja o próprio lojista ou uma equipe especializada de Pricing.

Portanto, é essencial avaliar os principais elementos de venda, como repasse de custos, margens e volume de venda.

A relação entre esses pontos com fatores contextuais da economia definem como precificar o portfólio comercial da empresa, chegando ao conceito de o que é preço dinâmico.

Preço dinâmico e a inteligência artificial

Para flexibilizar os preços, a equipe de Pricing precisa entender como as variáveis afetam as vendas e o poder de barganha, encontrando o equilíbrio entre competitividade e lucratividade.

Como há uma grande quantidade de dados relevantes e muitas variáveis, somente a ação humana fica defasada para manter os preços atualizados com frequência.

Por isso, os analistas podem e devem contar com ferramentas modernas e avançadas para facilitar as análises. Normalmente, o conceito de o que é preço dinâmico está bastante relacionado à inteligência artificial.

O sucesso dessa estratégia de precificação tende a combinar uma política bem definida e uma base de dados robusta com informações sobre a realidade da empresa, mas também com ferramentas inteligentes.

Ou seja, o modelo se apoia na inteligência artificial para encontrar o preço ótimo dos produtos e serviços oferecidos aos consumidores.

Algoritmos treinados acompanham e cruzam as informações sobre os parâmetros relevantes ao negócio, como as curvas de oferta e demanda.

Um exemplo dessa tecnologia é a Proffer. Nossa solução de precificação compreende o que é preço dinâmico, analisando conceitos matemáticos e conhecimentos de Pricing para criar algoritmos altamente capacitados, atuando com foco em farmácias. 

Os algoritmos utilizam informações presentes na base histórica dos clientes e cruzam com dados externos de mercado, como preços da concorrência e contextos econômicos, para chegar ao melhor preço individualmente para cada produto nas farmácias.

Dessa maneira, conseguimos elevar os lucros de nossos clientes e gerar melhores resultados de vendas — confira o case das farmácias Indiana.

Entenda a lei da oferta e demanda

A lei da oferta e demanda, que tem ligação direta com o que é preço dinâmico, precisa ser bem compreendida para gerar a melhor lucratividade. Um preço mais baixo nem sempre garante aumento nas vendas.

Na linha oposta, produtos com preços acima do concorrente também são capazes de manter um bom fluxo de vendas. Tudo depende da estratégia.

Embora a gestão de preços seja um elemento importante para os resultados, o comportamento da demanda também é influenciado por outros fatores, como a disponibilidade de estoque e a sazonalidade.

Quando um produto está em falta no mercado e o preço é elevado, o consumidor é obrigado a pagar mais caro se quiser adquiri-lo.

Outro exemplo é a diferença entre produtos necessários e supérfluos. Alimentos e remédios são alguns exemplos de necessidades básicas, os quais sempre há uma demanda para os mesmos.

Porém, em uma situação de crise econômica, o consumidor retira de sua lista de compras os itens mais caros ou desnecessários, como carnes de corte Premium, biscoitos e doces.

Dessa maneira, quando um produto sobra na prateleira por falta de consumo, muitas vezes a loja enxerga oportunidades para criar promoções e descontos, alterando o preço de venda com foco nas respostas de consumo.

É o que chamamos de elasticidade-preço da demanda. Trata-se de um conceito que varia conforme as características de cada produto ou serviço.

A variação na precificação depende, então, dos contextos econômicos e estratégicos de um setor. Dessa maneira, a lei da oferta e demanda entra em colisão com as estratégias de preço dinâmico.

Como funciona o preço dinâmico no varejo?

Conforme explicamos sobre o que é preço dinâmico, o modelo utiliza variáveis de mercado, bem como as oscilações de oferta e demanda, para alterar os preços dos produtos.

Seja um produto com alta procura ou com sobra no estoque, essa política de Pricing permite regular a saída do mesmo.

Muitas lojas tendem a focar na análise da concorrência para otimizar seus preços, o que nem sempre é uma estratégia interessante. Entre as farmácias, essa é uma das principais formas de estabelecer os preços.

Saber o que é preço dinâmico ajuda a criar estratégias de precificação adequadas, unindo variáveis relevantes como a análise da concorrência.
Saber o que é preço dinâmico ajuda a criar estratégias de precificação adequadas, unindo variáveis relevantes como a análise da concorrência.

Porém, o preço dinâmico permite criar um equilíbrio entre esse fator e o comportamento de compra dos clientes.

Ao baixar o preço para vender mais, há uma diminuição na margem de lucro do produto. Por outro lado, a maior quantidade de saída pode compensar tais perdas.

No entanto, é preciso manter um equilíbrio para extrair o máximo de lucratividade nesse movimento. E é assim que o preço dinâmico age:

Os algoritmos fazem o cruzamento dos dados de forma automatizada para indicar o preço ideal para cada momento, conforme as configurações de mercado e da economia.

Então, quando um produto está mais caro na concorrência, os controladores indicam uma oportunidade para aumentar a precificação na loja em questão, melhorando a margem de ganhos.

Quando há uma baixa procura por um produto, é identificada uma oportunidade para reduzir seu preço com ofertas e/ou vendas casadas com outros produtos. E vice-versa.

Quais são os fatores que influenciam o preço dinâmico?

O preço dinâmico é influenciado por uma série de fatores que variam de acordo com o contexto do produto ou serviço em questão. A seguir, conheça os principais elementos desse contexto.

Demanda

A demanda é um dos fatores mais importantes que influenciam o preço dinâmico.

Quando a demanda por um produto é alta, a loja pode aumentar o preço para maximizar seus lucros. Nesse momento, os consumidores estão dispostos a pagar mais pelo produto ou serviço.

Porém, se não há procura, é o momento de oferecer preços mais baixos. Assim, o preço dinâmico permite definir promoções para atrair o consumidor.

Concorrência

Outro fator importante para o preço dinâmico é a concorrência. Quando ela é intensa, é necessário ajustar seus preços para  manter competitividade.

Já na concorrência fraca, a loja pode aumentar seus preços sem se preocupar em perder clientes. Afinal, o consumidor precisa se ajustar aos produtos disponíveis no mercado.

Baixe já o e-book Monitoramento da Concorrência na Precificação!

Custo do produto

O custo do produto também influencia o preço dinâmico no varejo. Se o custo do produto aumentar, a loja pode precisar aumentar o preço para manter sua margem de lucro.

Por outro lado, se o custo do produto diminuir, é possível reduzir o preço para atrair mais clientes.

Localização

Como a demanda por produtos varia de acordo com a área geográfica, a localização também é uma peça-chave na definição de o que é preço dinâmico.

Em áreas onde a renda é alta, o varejo pode deixar seus preços mais elevados, enquanto as áreas de baixa renda pedem preços mais suaves. Regiões mais quentes também tem demanda diferente de áreas mais frias.

Por isso, o preço dinâmico permite entender como funciona a demanda da região, para que os ajustes sejam feitos de forma adequada.

Sazonalidade

A época do ano também pode influenciar os preços dinâmicos em farmácias. Seja pelas estações do ano ou por datas comemorativas do calendário, a procura por determinados produtos aumenta.

Dessa maneira, os estoques podem esgotar mais rápido, levando a uma queda na oferta. Seguindo a lei de oferta e demanda, as lojas conseguem ajustar os preços para se adequar às condições mercadológicas.

Durante o inverno por exemplo, a demanda por medicamentos para resfriado e gripe pode aumentar, levando a preços mais altos. Por outro lado, durante a baixa temporada, a farmácia pode reduzir os preços para incentivar as vendas.

Regulação governamental

Por fim, a definição de o que é preço dinâmico está diretamente relacionada às questões legais. Afinal, as alterações de preços precisam seguir regulamentações preestabelecidas.

Nas farmácias, por exemplo, os medicamentos seguem uma tabela e não podem ser precificados fora da margem fixada pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

No entanto, é possível cobrar preços mais baixos para produtos genéricos em comparação com medicamentos de marca. 

Vantagens do preço dinâmico com inteligência artificial para o varejo

No varejo, é praticamente impossível acompanhar os preços de todos os produtos. Por isso, muitas empresas optam por fazer a precificação por meio de categorias.

Porém, essa estratégia não é a mais indicada, já que diminui o potencial individualizado de cada SKU.

Nesse sentido, a inteligência artificial facilita o processo. Entenda a seguir os principais benefícios de utilizar uma solução inteligente de preços, integrando a definição de o que é preço dinâmico em sua gestão de Pricing!

1. Controle sobre todos os produtos

A maioria das grandes redes varejistas conta com centenas ou milhares de produtos no portfólio. A dificuldade para manter seus preços otimizados em tempo real é um desafio imenso para a força humana.

Por isso, o uso de inteligência artificial se torna fundamental para garantir a melhor lucratividade, equilibrando demanda e competitividade.

Os algoritmos conseguem cruzar dados com rapidez, acelerando as análises e permitindo que as equipes foquem em questões de ordem mais complexa.

Afinal, a tecnologia do preço dinâmico com inteligência artificial consegue identificar com muito mais rapidez os preços ideais de venda para cada produto.

2. Redução de desperdícios na receita

O preço dinâmico beneficia na redução de desperdícios para a receita. Isso porque ajuda as lojas a ajustarem seus preços com base na demanda atual, evitando a sobra de estoque.

Nas farmácias, por exemplo, os medicamentos que não são vendidos antes da data de validade expirar precisam ser descartados. Com o preço dinâmico, as farmácias podem ajustar os preços de acordo com a demanda.

Preços mais atrativos incentivam o aumento das vendas, reduzindo o estoque e evitando o desperdício. Por outro lado, se a demanda for adequada, nem sempre será necessário reajustar os preços para liberar estoque.

Dessa maneira, também há redução na perde de receita por conta de ofertas mal projetadas.

3. Flexibilidade nos preços

Com o preço dinâmico, o varejista tem mais flexibilidade para ajustar os preços de seus produtos em tempo real. Isso pode ser útil em situações como promoções relâmpago ou para competir com preços de concorrentes.

A flexibilidade permite personalizar os preços para diferentes situações, proporcionando também melhor experiência ao cliente. O preço dinâmico permite identificar ofertas e promoções para cada pessoa conforme o perfil de consumidor.

Bairros com maior poder de compra, por exemplo, conseguem vender por preços mais altos, enquanto um público de menor poder aquisitivo tem outras necessidades para ações promocionais.

4. Aumento da lucratividade

Entender o que é preço dinâmico e utilizá-lo no Pricing garante uma melhor lucratividade para o negócio.

Afinal, é uma forma de balancear as vendas conforme a realidade do negócio em cada momento específico da empresa, como em contextos de alta inflacionária.

Porém, a inteligência artificial permite maximizar os ganhos ao encontrar as condições ideais para cada contexto.

Dessa maneira, os controladores conseguem gerenciar as ofertas com os preços mais estratégicos para cada produto, de acordo com o momento de cada loja e sua inserção no ecossistema varejista.

O que é preço dinâmico se não uma forma de elevar o esforço humano na precificação? Somente soluções com inteligência artificial conseguem acompanhar e analisar todas as variáveis com dinamismo e velocidade para manter os preços atualizados no sistema da loja.
O que é preço dinâmico se não uma forma de elevar o esforço humano na precificação? Somente soluções com inteligência artificial conseguem acompanhar e analisar todas as variáveis com dinamismo e velocidade para manter os preços atualizados no sistema da loja.

 

5. Alterações em tempo real

Uma das principais características sobre o que é preço dinâmico refere-se ao ajuste dos preços em tempo real. Isso permite ampliar a vantagem competitiva, conseguindo oferecer preços atrativos constantemente.

É importante destacar que uma ferramenta adequada é fundamental, pois elas conseguem ler e analisar grandes quantidades de dados ao mesmo tempo.

6. Competitividade nas vendas

Muitas empresas no varejo precisam acompanhar as movimentações da concorrência para manter seus preços competitivos.

O conhecimento sobre o que é preço dinâmico permite incluir os preços de players locais para proporcionar um melhor posicionamento de vendas para a demanda.

No fim, o preço dinâmico serve para auxiliar na precificação do negócio de forma a favorecer sua rentabilidade e competitividade.

Não é vender mais por preços menores que o concorrente, mas encontrar um ajuste ideal para uma demanda personalizada, de acordo com cada cenário econômico.

Agora que você já sabe o que é preço dinâmico, queremos apresentar um material com mais informações sobre o tema: é o e-book “Preço Dinâmico – O método para melhorar sua estratégia de Pricing”.

Baixe já e tenha acesso a tudo que você precisa saber para adotar esse modelo de precificação na sua empresa!


Saiba o que é preço dinâmico e o que ele pode fazer pela sua farmácia nesse e-book!